Conheça a novidade do Facebook Messenger, funciona diretamente no seu site!

Messenger

O Facebook Messenger agora disponibilizará um plugin para chats em site que integra as conversas entre a rede social e o site da sua empresa.

Embora uma grande variedade de plugins de chat já estejam disponíveis para sites, como Drift e JivoChat, a grande vantagem do Messenger é seu alcance e sua familiaridade para o usuário. O Facebook Messenger tem atualmente mais de 1 bilhão de usuários, ou seja, estar presente nele pode ser um diferencial para comunicar-se com os clientes.

A novidade está sendo testada em closed beta com empresas específicas

Entenda como funciona essa novidade e como você pode ter esse recurso em seu site.

Como funciona o plugin do Messenger?

A versão 2.2 do Messenger propõe um chat direcionado para clientes. O plugin funcionará tanto em desktop quanto dispositivos móveis.

Com a plataforma, também poderão ser feitos pagamentos, anúncios em rich media e a integração com chatbots.

O Facebook afirmou, ainda, que novas features serão anunciadas quando a plataforma já estiver em amplo uso.

Mas como esse plugin será, esteticamente?

Bom, a verdade é que ele não traz nenhuma novidade em relação aos chats já existentes. O ícone do Messenger aparecerá no canto inferior direito da página, com uma mensagem e foto personalizáveis e o usuário pode começar uma conversa clicando nele:

MessengerA grande sacada do plugin é que sua conversa pode migrar entre as plataformas. Ou seja, tanto estando no Facebook, quanto no site ou no Messenger, o usuário poderá continuar a interagir.

Além disso, a agilidade do Messenger e seu grande uso facilitam a comunicação com os usuários.

Como instalar o plugin?

Como ainda está em versão de testes com empresas restritas, essa feature não está disponível para todos.

Mas o legal é que você pode se inscrever neste formulário para ser uma das empresas a participar do teste com a versão beta!

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *